Viver toda a plenitude dos Momentos.

a3c2b3035a21ba13ad5033119ddb6977

Há quem pense que os bons momentos da vida surgem à deriva, de acordo com as correntes e marés. Não deveremos pensar assim. Deveremos pensar sim, que nós estamos num barco a navegar contra essas mesmas correntes e marés, tendo essa iniciativa de batalhar do que simplesmente esperarmos como meros observadores. Quem toma a iniciativa vive aquilo que pode, revela o seu espírito incrível, enquanto todos os restantes, lutam para passar de observadores para empreendedores da vida. Sim, é verdade que o destino conjuga os factores para conseguirmos o que mais queremos. Mas é também a sabermos criar as condições para as oportunidades que fintamos de certa forma o destino. O que nos impede de criarmos essas chances ? Alguns factores em particular. Se tiver de enumerar aqueles que todos nós conhecemos de alguma maneira, iria ser sem dúvida, o medo de falhar ou arriscar, a preocupação que provoca a ansiedade ou o arrependimento de algo que se fez.

Chega de preocupações. Está na hora de se livrar desse peso constante que assombra a alma. Já chega de nos questionarmos, é tempo de dar um pontapé nesse peso nessa vida de criar inúmeras possibilidades negras e assumir um controlo positivo. Não me digas o quanto é impossível, diga-me sim, quando é que isso se vai iniciar na tua vida !

Arrependimento. Há algo que nos prenda mais na vida que o arrependimento ? Quando estamos travados, iremos sempre pensar nas inúmeras alternativas para termos o desfecho que mais queríamos. O tempo que se perde em arranjar alternativas utópicas ao que já se perdeu, nada mais é do que perder tempo em vez de o aproveitar. O tempo é como a água. Uma preciosidade que deveremos estimar. E não desperdiçar em vão. Abdicamos do momento actual da nossa vida, voltando atrás a examinar e questionar em excesso, como se alguma vez pudéssemos rebobinar os tempos idos.

Medo. Uma palavra curta mas com um poder negativo. Viver em medo é não viver sequer. É negar a possibilidade de explorar todas as vertentes e alternativas positivas na vida. É resignar a viver na escuridão quando a luz está a dois passos. É querer dar uma infinidade de passos, mas não sair do mesmo sítio. E o tempo vai passando, e o peso acumulando. Não há necessidade disso. Por mais complicado que seja. Se algo tem solução, então sigamos essa solução. Senão tem solução, porque haveremos de sofrer porque algo que não tem uma solução aparente?

Livremo-nos da preocupação. Temos de pensar e viver onde estamos neste momento. Centrarmo-nos e vivermos esse único ponto actual. Isso é que é a realidade que temos agora. É com esses trunfos que temos de jogar. Rejeitemos o arrependimento. Temos de aceitar o sucedido, perdoar a nossa pessoa ou qualquer outra pessoa. Seguir em frente para aproveitarmos o que se segue. O que hoje poderia parecer uma má opção, na altura provavelmente era a melhor opção. Não é necessário batermos mais nisso. Deixemos o que se passou. Aproveitamos a lição para não repetirmos. E o facto de não repetirmos por si só, irá valorizar de alguma forma positiva o sucedido. Recusemos o medo. Temos de ter uma crença e fé de arrasar para superar. Chega de nos sentirmos miseráveis e de nos protegermo-nos com receio que volte a acontecer. As coisas acontecem quando tem de acontecer.

Abstrairmos destes factos é uma luta. Mas façamos disto uma luta saudável. Foquemos a nossa atenção e cuidado para coisas que realmente importem. Que façam a diferença positiva. Que nos inspirem. Que nos marquem com amor. Que promovam o carinho. Que reflictam a energia positiva.

Tu és capaz. A sério que és. Não desistas. Vai em frente. E vive a vida ao máximo.

Autor:

Aprendiz de Escritor.

Uma opinião sobre “Viver toda a plenitude dos Momentos.

  1. Às vezes sabe bem pensar em alternativas utópicas. Mesmo sabendo que elas não são possiveis, podem nos ajudar a ver o problema/situação de uma forma mais descontraída. Comigo resulta.
    Mas claro, que as coisas não se vão resolver assim, temos de trabalhar para termos o que queremos, em todos os sentidos. Tudo dá muito trabalho, mesmo.
    É mesmo necessária força e coragem para seguir em frente no caminho que queremos.
    Beijocas, mais um texto fantástico*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s