Lamentar não faz a tua Vida brilhar.

city-freedom-girl-lights-street-favim-com-77017

As circunstâncias da Vida proporcionam-nos por vezes uma sensação de que nada corre bem, de que nada irá correr bem e que o Mundo se uniu todo para conspirar contra a nossa pessoa. Sentimos que as coisas dificilmente irão decidir-se favoravelmente para o nosso lado, e começamos sem dar por isso a criar um círculo de lamento, pessimismo, mal-dizer e negativismo que não só consome como afecta directamente aquele que estão dentro do nosso círculo da acção. Mas há algumas coisas que deveremos relembrar para que não cairmos neste abismo emocional:

Mete um Stop no Negativismo: Se decidires ir pelo caminho negativo, só irás ter mais e mais razões para te sentires miserável, frustrado e isolado. Só precisas de um motivo ou de um peso emocional para te afundares. Mas também só irás precisar de um motivo grandioso para continuares a manter essa luta interna no teu rumo à felicidade.

Tens problemas de dinheiro? Neste país, com a crise que nos assola, não serás a única pessoa com esse tipo de problema. Mas pior que a crise financeira é uma crise de valores. Uma coisa será sempre verdade. Andares a ter uma péssima atitude sobre isso e lamentares pelos cantos, não irá resolver problema algum, e além do mais irá impedir-te de ver o quadro geral e até as oportunidades que poderias ter para resolver em parte esse problema. Não é fácil, mas só parando para pensar e reflectir, olhando para os detalhes que nos rodeiam, é que poderemos vislumbrar aquilo que precisamos.

Não precisas de alguém para ser feliz: Tu precisas sim, é de ser feliz contigo mesmo, sentires-te bem na tua pele. Reage ! Toma conta da tua vida e do teu rumo. O teu mundo não acabou porque alguém que amavas desperdiçou uma pessoa que deve ter investido muito na relação. Não passaste a valer menos, não passaste a ser a pessoa mais horrível deste mundo. Simplesmente és uma pessoa que deixou de ter alguém que provavelmente fez bem até um certo ponto. Criar uma nova dinâmica na tua vida, deverá ser a tua prioridade, pois só assim conseguiras ter a paz interna e o coração preparado para o futuro. Mas só valorizando a tua pessoa, amares a tua essência e não abdicares da tua identidade é que conseguirás tal objectivo.

Descobriste que uma ou várias pessoas falam ou falaram mal de ti: Que interessa isso ? O que é que tem a ver com a tua vida ? Se estás consciente de que nada fizeste de mal, que dás o teu melhor em tudo, então segue a tua Vida. Há coisas muito mais importantes que a conversa alheia. Tens de ser superior a isso, de construir uma atitude muito maior sobre esse tipo de atitudes. Se tu baixas a tua defesa sobre esta matéria, parabéns, iniciaste o teu caminho para o pântano emocional. O que tens de conseguir é entrares na crista da onda, e não te deixares enrolar nela. Há muitas pessoas boas neste mundo, mas há pessoas que conseguem ser horríveis de uma forma assustadora. As pessoas más não irão desaparecer, mas a tua atitude negativo sobre o impacto que essas pessoas tem sobre ti, pode e deve desaparecer. Tem orgulho naquilo que és e põe mais fé e crença naquilo que fazes.

Perfeição: Nesta altura do campeonato, já deverias saber que a perfeição não existe. Existe sim é o conceito de “ideal”. O que significa isto ? Que uma pessoa ou situação, não sendo perfeitas, são ideais para se encaixar connosco. Passamos toda a vida a querer a perfeição, que deixamos fugir aquilo que é ideal e que poderia dar a sensação de perfeição. Sim, nada é perfeito, mas as vezes estupidamente deixamos escapar situações ou pessoas que poderiam ser uma influência positiva nas nossas vidas, só porque há alguma coisa ou coisas que demos uma importância maior do que aquilo que realmente vale. Só tendo uma visão mais ampla e não tão radical é que conseguiremos fugir a futilidade dos detalhes que tristemente impomos na nossa mente. Até as situações que são ideais ou um pouco imperfeitas, podem ser muito melhores se pusermos coração e alma.

Simplifica a vida: Se a Vida já é tão complicada, porque a complicamos ainda mais ? Temos de subtrair tudo aquilo que está mais, para darmos mais ordem e sentido no que realmente interessa. Não necessitamos de complexidade no nosso dia-a-dia. Necessitamos de uma ordem natural e fluída em tudo o que fazemos. Diminuindo as complexidades, conseguimos simplificar mais a nossa mente e os passos que damos, tornam-se mais leves. Saber dar prioridade posteriormente à simplificação que damos, resolve muito dos pesos e stress que criamos, fazendo com que tudo seja mais fácil na abordagem e na absorção mental dos pensamentos daí resultantes.

Passado: Se passou, é deixar passar ainda mais para se tornar em algo mais distante que as próprias estrelas do céu estrelado. Tu não és o teu passado, és o teu presente. Não carregues mais essa cruz. Todos temos uma segunda oportunidade na vida. Haverá aqueles que irão utilizar o passado para te tentar diminuir no presente. Mas tu evoluíste. Cresceste. Aprendeste. E é isso que tens de mostrar no teu momento actual. Esses momentos do passado por mais que não sejam importantes, ajudaram em parte a construir o teu “eu” actual. Nós somos de facto a soma de todas as nossas experiências e vivências. Mas a parte que não correu tão bem, é a parte que nos fez crescer, não é a parte que é a nossa essência. Estando seguros do que somos, essa segurança irá reflectir tudo o que somos neste preciso instante.

Irei conquistar a Felicidade no futuro: Não. Se já sorris agora, o teu futuro é no “aqui e agora”. Se já tens o que necessitas para ser feliz, para brilhar intensamente ao máximo de toda a tua energia, então não precisas de ansiar ou esperar pelo futuro. Não desperdices as condições que já tens no presente. Luta contra o inesperado e o que te prende e liberta-te para seres feliz. Porque há situações que dificilmente se irão repetir da maneira como queríamos. Basta largar e libertar aquilo que não necessitamos e abraçar a paixão que nos move pela Vida.

Não alteres o que já está bem: Se as pessoas apreciam o que tu és e representas, não deverás mudar só para agradar ou para fingir que és melhor, sendo que esse melhor difere muito da noção de melhor que todos sabemos verdadeiramente qual é. Ao abdicares de ti, abres a porta para aqueles que são importantes para ti da melhor maneira saiam e sejam substituídos por cópias, imitações que nem possuem 1/10 do valor dos “originais.” Se a tua fonte de princípios, crenças e valores já é bom e é motivo de orgulho, porque abdicas disso ? Valoriza. És mais pessoas por preferires ligar a quem te faz bem, do que embarcar no fútil, efémero e irreal.

Achas que escolhes sempre a pessoa errada ? Se a tua família pode ter-te dado uma dica, ou os amigos poderão ter-te dado um aviso, ou até o teu instinto te disse algo, porque ignoras esse sinais ? Será que vale mesmo essa tentação de caíres em algo que já sabes que te vai deixar mal ? E senão é a primeira vez que acontece, não achas que isso já diz algo sobre ti ? Não entregues logo o que és. Se tiveres dúvida, analisa. Estuda. Observa. Sente. Não te irás arrepender de o fazeres e irá fazer-te poupar sofrimento no futuro.

Andas sempre a pedir Desculpas? Contenção é a palavra-chave. Pedir desculpas é um gesto de atenção e cuidado. Mas não deve ser em excesso. Mais vale um único pedido de desculpas sinceras, do que desvalorizares o gesto e enveredares por um caminho de desculpas sem sinceridade, desprovidas de um verdadeiro sentido. Mas as vezes não basta pedir. Temos mesmo de demonstrar que sentimos de verdade.

São pequenas ideias que deveremos ter sempre na nossa mente. Tentar mantê-las lá. Alimenta-las com cuidado para fazer crescer de forma brilhante. Ninguém é feliz com o mal. E só fazendo por isso, numa luta positiva diária, é que nos aproximamos mais daquilo que realmente é benéfico para nós. Com muita persistência, sentido positivo e uma garra de pessoa lutadora com um sorriso nos lábios.

Autor:

Aprendiz de Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s